Publicidade
O curso de Radiologia é destinado a capacitar funcionários que fazem uso de equipamentos de raios X e assistem à pacientes em exames.
curso de radiologia
Existem várias diretrizes que impedem que você vá se expor à radiação por mais tempo do que o recomendado ao realizar um raio-X, o que pode prejudicar sua saúde.

Se você tem interesse em fazer um curso de Radiologia, confira nesse artigo todas as informações.

Curso de Radiologia: Como funciona?

O curso de Radiologia é um treinamento de 1,5 ano (18 meses) a 2 anos.

Publicidade

Destina-se a pessoas que tenham concluído o Ensino Médio com um diploma de nível básico.

Por ser um curso rápido e bem específico, é perfeito para quem quer entrar no mercado de trabalho o mais rápido possível.

Publicidade

Durante a graduação, os alunos estudarão assuntos gerais na área da saúde, como anatomia e fisiologia humana, física, primeiros socorros, psicologia e ética.

Além disso, existem departamentos de radiologia mais específicos, como:

  • Imagem
  • Radiologia digital
  • Radioterapia
  • Medicina nuclear
  • Teste de comparação
  • Ensinar técnicas de Radiologia.

É necessário um estágio supervisionado, os cursos técnicos capacitam profissionais para atuar em cargos operacionais.

No caso desse curso, os técnicos são responsáveis por preparar os pacientes durante os exames de diagnóstico por imagem.

Além de posicionar corretamente o paciente para um bom resultado do exame, ele opera equipamentos, prepara soluções químicas, manuseia filmes radiológicos e verifica medidas de segurança para que todos os procedimentos possam ser realizados sem comprometer a saúde do profissional e do próprio paciente.

Você deve se perguntar quais são os riscos enfrentados pelas pessoas que trabalham neste campo.

Quanto ao paciente, o importante para quem trabalha na área é o tempo que ele fica exposto à radiação ionizante.

A Lei 7.394/85 determina que esses profissionais trabalhem até 24 horas semanais, os técnicos podem fazer:

  • Radioterapia
  • Diagnóstico radiológico
  • Radiologia industrial
  • Medicina nuclear.

Embora este regulamento nem sempre se aplique, é importante que você o entenda e lembre-se sempre que os riscos e o esforço máximo são apenas para técnicas de radiação que são expostas à radiação ionizante.

Segundo a Harmonização do Direito do Trabalho (CLT), as tarefas que expõem o funcionário à radiação devem proporcionar ao profissional adicional de trabalho insalubre ou prejudicial, cabendo a ele definir o trabalho que prefere aceitar.

Por lei, o adicional de insalubridade é de 40% do salário-base dessa categoria.

No caso de trabalho perigoso, a sobretaxa é de 30%, mas incide sobre o salário dos profissionais de radiologia e não sobre a base da categoria.

Mercado de trabalho

Tecnólogos radiológicos podem atuar em hospitais, clínicas de imagem, laboratórios, indústria de equipamentos de radiologia e muito mais.

À medida que a medicina avança, mais e mais testes são necessários para detectar certas doenças.

Por conta disso, os raios X são utilizados com tanta frequência, para que esse aparelho seja operador, é necessário ter um funcionário formado e que exercer o trabalho.

Outra coisa que importa é que os raios X não são utilizados apenas na área da saúde como se poderia imaginar, possibilitando que os profissionais ampliem cada vez mais seu campo de atuação.

Formação em cursos de tecnologia em Radiologia garante várias oportunidades de trabalho.

Ao concluir o curso, você seguirá o Ensino Superior na região.

Além de curta duração, os cursos de tecnologia radiológica são mais voltados para a prática profissional e possuem menos assuntos teóricos aprofundados.

Apesar da formação mais longa do curso, os radiologistas terão mais oportunidades de trabalho, seja usando técnicas e exames mais avançados, seja em cargos de supervisão, ensino ou mesmo pesquisa.

No concurso público, você pode se candidatar a vagas de Ensino Superior, poderá fazer cursos profissionais após a conclusão, o que melhorará seu programa e aumentará o seu salário.

O salário médio de um radiologista é de R$ 5.000,00, mas também há profissionais que ganham R$ 15.000 por mês.

Essa variação pode ser muito grande em relação ao tipo de agência para a qual a pessoa trabalha e às atividades desempenhadas.

O profissional que faz o curso de Radiologia tem muito a crescer no mercado de trabalho.

Publicidade

Gostou desse curso e quer conferir mais? Acesse nossos artigos do blog!

Publicidade