Publicidade
O Currículo Lattes é uma ferramenta importante na vida acadêmica.
currículo lattes
Também é muito útil ao longo dos anos em uma especialidade profissional.

Mas, você sabe como montá-lo? Quais informações são essenciais nesse tipo de apresentação?

Publicidade

Confira tudo sobre o Currículo Lattes aqui, nesse artigo!

Currículo Lattes: Para que serve?

De maneira geral, o Currículo Lattes é destinado a estudantes bolsistas (graduação, mestrado, doutorado), orientadores de pesquisa, gestores de projetos acadêmicos e professores.

A principal função do currículo é apresentar informações confiáveis e padronizadas, que podem ser utilizadas em processos de seleção.

Publicidade

Só para ilustrar, um estudante universitário que vai disputar uma bolsa de iniciação científica, utiliza o Lattes para mostrar suas competências.

A plataforma também é importante para pesquisadores que pretendem criar novos cursos de extensão, por exemplo, e desejam subsídios do Governo Federal.

Durante os anos na faculdade os estudantes têm muitos desafios, concorrer a bolsas de iniciação científica, por exemplo, é um deles e como em todo processo de seleção se apresentar bem é o ponto alto.

Entretanto, ao contrário do que é rotineiro na disputa de vagas, a montagem do currículo neste caso tem algumas diferenças.

Organizar desde participação de congressos até graduações e especializações realizadas, são algumas das características necessárias.

Para isso existe a plataforma Lattes, um ambiente digital que padroniza informações acadêmicas e facilita a consulta dos recrutadores, dentre outros.

A plataforma Lattes é uma ferramenta criada pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) nos anos 90.

Trata-se de uma base de dados na qual se reúne produção acadêmica de estudantes e profissionais.

Assim, o currículo tem um padrão para organizar as informações universitárias, por exemplo, de uma pessoa.

Esses dados são captados de:

  • Agências de apoio a pesquisa
  • Universidades ou faculdades estaduais, federais e privadas
  • Institutos de pesquisa
  • Fundações ligadas à ciência e tecnologia.

Seu preenchimento é feito no site e consiste em informar dados pessoais endereço e contato formação acadêmica atuação profissional área de atuação.

Antes de lançar as informações é preciso se cadastrar, a plataforma pede que o interessado crie um login e senha.

Somente depois disso é que o preenchimento do currículo pode começar.

Como preencher no site?

Veja abaixo o que é exigido em cada campo desses.
Informação pessoal:

  • Anexar uma fotografia recente
  • Nome e sobrenome
  • Nacionalidade
  • Gênero e raça
  • Número de documentos (RG, CPF, Passaporte)
  • Filiação.
Endereço e contato:

  • É necessário indicar o endereço residencial e profissional, bem como informar os telefones de contato.
Formação acadêmica (a titulação acadêmica de maior grau é que terá destaque):

  • Doutorado, Mestrado, Graduação, etc. (concluído e/ou em andamento)
  • Nome da Instituição
  • Ano de início e de conclusão.

Você só pode incluir no currículo instituições de ensino ou pesquisa que sejam aceitas pela plataforma.

Com ajuda de uma “lupa” é possível encontrar universidades, centros de pesquisa, etc.

O sistema não limita a quantidade de formações, você pode inserir todas as graduações e cursos de pós-graduação desejados.

Atuação Profissional:

  • Informe se atualmente trabalha ou não
  • Se sim, digite os dados do empregador, função, etc.

Selecionando o “não” você pode seguir para o passo seguinte e completar o preenchimento.

Área de Atuação:

  • Na área de atuação clique na “lupa” para pesquisar. Você pode incluir mais de uma, se for o caso
  • O sistema disponibiliza várias áreas de atuação (Ciências Agrárias, Engenharias, Linguística, etc.) e subáreas. Caso não encontre sua área, clique em “Outras”
  • Inclua os idiomas que você compreende, lê, fala e escreve.

Não é obrigatório colocar um idioma, informe apenas se tiver como comprovar essa habilidade.

Preenchendo essas informações, o currículo já está pronto.

No entanto, na Área de Atuação ainda é possível incluir prêmios, trabalhos científicos, produções artísticas e culturais, produção de livros, organização de feiras e eventos.

A plataforma mostrará a seguinte descrição para você incluir suas produções:

Publicidade

  • Artigos completos publicados em periódicos
  • Artigos aceitos para publicação
  • Livros e capítulos
  • Texto em jornal ou revista
  • Trabalhos publicados em anais de eventos
  • Apresentação de trabalho ou palestra
  • Partitura musical
  • Prefácio, posfácio
  • Tradução
  • Outra produção bibliográfica.

Esses materiais devem ser devidamente registrados, também é necessário informar: Título, Ano, País, Idioma, Meio de Divulgação, Site (URL), Relevância entre seus trabalhos e Finalidade.

Portanto, o Currículo Lattes é ideal para salientar pontos relevantes de uma trajetória acadêmica e profissional.

Acompanhe mais artigos importantes no nosso blog!

Publicidade