Publicidade
Publicidade

Os estudantes de Santa Catarina podem contar com o programa Bolsa Estudante SC.

Eles são vítimas da desigualdade social e sabem muito bem como o fato de apenas ir até a escola pode ser bastante complicado.

Publicidade

Pensando nesta necessidade, o Governo do Estado de Santa Catarina realizou um benefício que tem como objetivo proporcionar uma vida mais simples para os alunos, evitando evasão estudantil e outros problemas.

Entenda mais informações sobre o Bolsa Estudante SC no decorrer desse artigo.

Bolsa Estudante SC: Como vai funcionar?

O Bolsa Estudante SC teme investimentos de aproximadamente R$ 375 milhões por ano com o objetivo de combater a evasão escolar e manter mais jovens alunos dentro das salas de aula.

Publicidade

O propósito é através de um pagamento de um auxílio mensal aos estudantes de Ensino Médio, assim como Educação de Jovens e Adultos (EJA) que já se encontram matriculados na rede estadual de ensino.

A proposta ainda deverá passar pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina, mas, segundo o governador Carlos Moisés do PSL tem toda a possibilidade de se tornar uma realidade.

Caso seja aprovada, a proposta concederá um auxílio anual de R$ 6.250,00 este valor está previsto para ser distribuído para mais de 60 mil estudantes da rede estadual de Santa Catarina.

A partir destas informações, conseguiram 11 pagamentos mensais de R$ 568,00 distribuídos sempre entre fevereiro e dezembro.

A inscrição para a seleção dos estudantes é através do programa que será utilizando editais públicos lançados anualmente através da Secretaria Estadual de Educação.

Outro detalhe importante é que é uma ação e programa complementar a outras iniciativas que já estão em ação pelo governo de Santa Catarina para evitar a evasão escolar.

A principal causa para que isso aconteça tanto no estado quanto no país é a necessidade de recorrer a atividades laborais para ajudar na renda da família.

Ao outorgar uma renda mensal para as famílias o objetivo é evitar que os estudantes saiam da escola para ganhar um salário.

Assim, permitindo diminuir a desigualdade social, ao mesmo tempo que continuam acreditando nos estudos como método de diminuir a brecha social.

A partir dessa alternativa, Santa Catarina complementa o chamado Busca Ativa, que é um sistema capaz de mapear a situação dos estudantes que saíram da escola.

Esta iniciativa se realiza em conjunto com a rede estadual de educação e serviços de assistência social, saúde, conselho tutelar, entre outras entidades.

Critérios para manter benefício

Atualmente, o Governo do Estado de Santa Catarina já divulgou uma lista de 57 mil alunos da rede estadual que irão receber a bolsa a partir deste ano.

É necessário comparecer à escola com o menor junto com os dados bancários da conta para que o auxílio seja depositado adequadamente.

Os responsáveis também devem ir presencialmente à secretaria da unidade escolar para registrar informações sobre o benefício e começar a receber.

Para manter o benefício é importante que o aluno tenha uma frequência mínima de 75% na escola durante o mês.

Caso isso não aconteça, não será transferida a parcela de auxílio, se isso se repetir durante três meses consecutivos, o aluno estará completamente inelegível à bolsa.

Se exista reprovação, também, não haverá direito ao valor no próximo ano.

Enfrentar a desigualdade social é uma das tarefas mais difíceis de muitos brasileiros hoje em dia.

A criação de programas como este contribuem grandemente a deixar as coisas um pouco mais simples, mais igualitárias e adequadas para que a longo prazo o país seja um local mais justo.

Caso você se enquadre nas possibilidades para entrar neste tipo de sistema é uma excelente alternativa para as famílias.

Assim, bastará aguardar o chamado para conseguir complementar a renda da família enquanto os seus filhos ainda estudam.

Não se esqueça de realizar os cadastros, comprovações necessárias do Bolsa Estudante SC, assim como manter os critérios que deixam que o benefício se mantenha, contribuindo com a renda da família e desenvolvimento da família e do Brasil.

Confira mais artigos sobre benefícios governamentais no nosso blog, clique aqui para saber mais!

Publicidade
Publicidade